O Edifício Nautilus foi pensado dando primazia ao ponto forte do terreno em que se insere – a vista frontal para o rio Tejo complementada por uma exposição solar privilegiada. Tendo como premissa a ideia de condomínio fechado, o Nautilus marca a diferença no modo de habitar em Lisboa, adaptando-se à morfologia do terreno, distribuindo uma fração por piso, possibilitando assim, a criação de grandes espaços exteriores que comunicam e interagem diretamente com o interior dos apartamentos. Nos espaços interiores, a utilização de materiais nobres conjuga-se harmoniosamente com o recurso às novas tecnologias e a definição de zonas de utilização comum, como a piscina, o jardim na cobertura, o ginásio e o SPA, respondem às necessidades atuais dos utilizadores.

Data: 

Cliente: 

Categoria: 

PORTUGAL, OEIRAS | ALGÉS Website Edifício Nautilus