Janelas Verdes
Janelas Verdes

No coração da cidade de Lisboa, Janelas Verdes 34-58, edifício habitacional com 736,50m2 de área de implantação e 4829,35m2 de área de construção, situado junto ao Museu Nacional de Arte Antiga, assume-se como uma intervenção de alta qualidade e arquitetura de excelência.
Por não ser possível a salvaguarda do alçado do edifício preexistente, procurou-se uma maior harmonização e equilíbrio da fachada principal, conforme a lógica construtiva da época original das edificações na envolvente. Neste sentido, de maneira a reinterpretar essa memória, usou-se nos vãos do piso térreo, caixilharia em madeira, e caixilharia metálica para as portas de entrada e portão da garagem.
Na fachada tardoz do edifício, optou-se por colocar elementos decorativos semelhantes aos colocados no alçado frontal por forma a conseguir um maior equilíbrio estético entre ambos. Neste alçado, protegidas da confusão da cidade, foram colocadas varandas que pretendem ser elementos leves e cuidados, com guardas em vidro e zonas de visibilidade resguardada através da colocação de lâminas em alumínio extrudido. Destas varandas temos vista para as áreas comuns do edifício no piso térreo, que dispõem de uma zona de estar exterior com piscina, ginásio e zonas verdes, das quais resulta um jardim vertical, que nos transporta para fora da cidade. Os apartamentos do piso térreo dispõem de logradouros, onde podem desfrutar de zonas verdes e de estar privativas.


revista Anteprojectos 

Publicação Revista – Anteprojectos

Site Janelas Verdes

Página do Projeto

Share: